Consequências da Diabetes: Disfunção Erétil

 

Disfunção Erétil ou Impotência Sexual

Uma dúvida muito comum em alunos/pacientes diabéticos, é: “Depois que fui diagnosticado com diabetes, minha vida sexual não é mais a mesma, o que fazer? Estou com dificuldades de manter a ereção.”

Esse é um assunto muito delicado, pois 80% dos homens que sofrem com a disfunção erétil, são diabéticos (e muitos não sabem).

A diabetes seja tipo 1 ou tipo 2, que mata aos poucos, mas antes de matar, ela tira toda a alegria da pessoa em vários aspectos, inclusive no aspecto sexual.

A vida sexual do diabético acaba sendo comprometida também no aspecto emocional. Quem é diabético tem mais chances de ter depressão, pois ele tem que lidar com vários problemas.

Por que o diabético tem mais dificuldade de ter ereção?

Quem tem diabetes, a maioria do tipo 2, possui altos níveis de glicose e também de insulina no sangue.

O organismo não consegue colocar esta glicose para dentro das células, a chamada resistência à insulina.

O excesso de glicose passa a inflamar o corpo. E as partes mais baixas do corpo, tanto na área sexual quanto nos pés, a gravidade acaba gerando um acúmulo de inflamação, sendo o ácido lático uma das substâncias inflamatórias.

 

Espalhe saúde! Compartilhe!

Você pode gostar...