Cuidados com o pé diabético

 

Consequências em pés e pernas de pessoas que não fazem um bom controle do diabetes

O pé diabético é o nome que damos aos problemas que surgem em pernas e pés das pessoas com diabetes. Após de um período de 10 a 20 anos com a doença, muitas pessoas passam a apresentar problemas de diminuição da circulação arterial e de sensibilidade em pés e pernas que é a neuropatia diabética.

A neuropatia diabética é uma complicação do diabetes e ela ocorre quando a doença não está controlada e esse é um dos principais motivos que tornam fundamental o controle glicêmico do diabetes porque além da neuropatia, o diabetes não controlado pode chegar a provocar outros problemas sérios envolvendo os olhos, a circulação e os rins.

Quando as taxas de glicose no sangue permanecem altas por muitos anos podem causar neuropatia em pés e em pernas. E  a pessoa com diabetes passa então a ter formigamento, dor e queimação nos pés e pernas, além de fraqueza nas pernas. Normalmente a pessoa com diabetes só se dá conta da lesão dos pés e pernas quando ela já está num estágio avançado e quase sempre com uma ferida ou uma infecção o que torna o tratamento mais difícil devido aos problemas de circulação no local.

Os sintomas da neuropatia que são observados em pernas e pés são:

1- formigamento;

2- agulhadas;

3- queimação;

4- dormência;

 5- fraqueza nas pernas

E esses sintomas podem ser piores à noite ao deitar.

Neste vídeo, o médico endocrinologista, Dr. Walter Minicucci, da Sociedade Brasileira de Diabetes, dá dicas simples, porém importantes para os cuidados que as pessoas diabéticas precisam ter com os seus pés.

 

Links: Dr. Walter Minicucci, Sociedade Brasileira de Diabetes.

 

Espalhe saúde! Compartilhe!

Você pode gostar...